TV Asa Branca G1 Caruaru e Regiao GE Caruaru e Regiao Radio Globo Recife

ESPORTES
por CBN Recife em 13/02/2019
Aliviado após partida, Diógenes Braga revela bastidores da classificação e defende Márcio Goiano Vice-presidente de futebol alvirrubro ainda pediu maior união entre time e torcida


#
Foto: Léo Lemos / Divulgação Náutico

Mesmo com muitas críticas da torcida, o Náutico alcançou o primeiro objetivo traçado para a temporada. O empate por 1 x 1 conquistado na noite da última terça-feira, contra o Imperatriz, no Maranhão, garantiu a classificação na primeira fase da Copa do Brasil, e assegurou a cota de R$ 625 mil ao clube alvirrubro. Depois do confronto, o vice-presidente executivo e de futebol, Diógenes Braga, desabafou sobre o momento do Náutico no ano, que vinha de muitas críticas da torcida, e revelou os bastidores do empate diante dos maranhenses.

As falhas vão acontecer, mas, se nós não estivermos unidos e o torcedor não estiver do nosso lado, vai ser muito mais difícil. Hoje, um cara como Jorge Henrique vomitou no intervalo de tanto que correu no primeiro tempo, Wallace com dor no joelho ficou no campo até o seu limite. Observem a partida que Diego Silva fez, quando todo mundo disse que não tínhamos zagueiro, o que Luiz Henrique correu em campo. São jogadores formados em casa. Esse é o cenário que o Náutico tem. Não podemos sonhar em contratar craque não”, revelou Diógenes.

O gestor ainda demonstrou confianã no trabalho do técnico Márcio Goiano, e cravou que ele será o treinador que vai levar o Náutico de volta à série B. “Futebol não se faz, na hora que tem um resultado ruim, colocando três para fora e contratando mais dois. Trocando de treinador. Nós temos um projeto para um ano. E Márcio Goiano vai ser o treinador que vai colocar o Náutico na Série B. Se for para segurar pressão, vamos segurar pressão” encerrou o vice-presidente timbu.

fechar