Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Movimento Econômico

Gustavo Franco: “startup não é mina de ouro, em que você investe e de repente vira o novo Google”


Por: REDAÇÃO Portal

Com a expertise de 20 anos na área e a visão ampliada de quem integrou a equipe do Plano Real e comandou o Banco Central, o economista analisa o momento do mercado de capitais no Nordeste, no Brasil e no mundo e as tendências no setor

Com a expertise de 20 anos na área e a visão ampliada de quem integrou a equipe do Plano Real e comandou o Banco Central, o economista analisa o momento do mercado de capitais no Nordeste, no Brasil e no mundo e as tendências no setor

Foto: Foto: Rio Bravo Investimentos/Divulgação

02/10/2019
    Compartilhe:

Professor com uma longa trajetória na PUC-Rio, figura do primeiro time na economia do Brasil nos anos 1990, articulista, polemista e sócio-fundador de uma das gestoras de fundos mais relevantes do país, a Rio Bravo Investimentos, com ativos administrados de R$ 9,7 bilhões. Esse currículo - que inclui a participação na criação e implementação do Plano Real e a presidência do Banco Central (1997 a 1999) - garante ao economista Gustavo Franco uma visão privilegiada sobre a área em que fez história nos últimos 20 anos: o mercado de investimentos. 

Franco estreou no setor, em 2000, quando lançou a Rio Bravo, que nasceu paulista, mas acabou se transformando numa multinacional, após a aquisição, em 2016, pelo grupo Fosun, sediado em Xangai e que tem negócios na Rússia, Japão e Reino Unido, entre outros países. Atualmente, as operações do conglomerado chinês no Brasil incluem a corretora Guide, que agora é parceira da gestora pernambucana de investimentos Finacap, uma das mais tradicionais do Nordeste.

Confira o material completo aqui:

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook