Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Ibope: João Campos, Mendonça Filho, Marília Arraes e Delegada Patrícia acirram disputa para o Recife

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Claudia Ribeiro, Coronel Feitosa, Marco Aurélio Meu Amigo e Carlos tiveram 1%, cada

Claudia Ribeiro, Coronel Feitosa, Marco Aurélio Meu Amigo e Carlos tiveram 1%, cada
15/10/2020
    Compartilhe:

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (15), encomendada pela TV Globo aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a prefeitura do Recife nas Eleições 2020:

  • João Campos (PSB): 33%
  • Mendonça Filho (DEM): 18%
  • Marília Arraes (PT): 14%
  • Delegada Patrícia (Podemos): 13%
  • Claudia Ribeiro (PSTU): 1%
  • Coronel Feitosa (PSC): 1%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 1%
  • Carlos (PSL): 1%
  • Nenhum/branco/nulo: 14%
  • Não sabe/não respondeu: 3%

Charbel (Novo) e Thiago Santos (UP) tiveram menos de 1% das intenções de voto. Victor Assis (PCO) não foi citado no levantamento.

Destaques por segmentos, de acordo com o Ibope

De acordo com a análise feita pelo Ibope, as intenções de voto em João Campos seguem mais acentuadas entre eleitores de 16 a 24 anos, atingindo 43% das menções. Neste estrato, na rodada anterior, ele era mencionado por 29%. Além disso, Campos cresceu 16 pontos percentuais entre eleitores evangélicos, sendo citado por 35% dos entrevistados.

Mendonça Filho, por sua vez, tem menções mais expressivas entre eleitores com 55 anos ou mais e aqueles cuja renda familiar é de mais de cinco salários mínimos, já que obtém 27% e 26%, respectivamente nestes segmentos. Na comparação com a pesquisa anterior, o democrata apresenta queda entre os mais jovens (de 19% para 10%).

A petista Marilia Arraes é mais forte entre os eleitores mais instruídos (22%).

A Delegada Patrícia se destaca entre aqueles com renda familiar superior a cinco salários mínimos (21%), segmento em que cresceu 10 pontos percentuais entre os dois levantamentos. As menções aos demais candidatos se distribuem homogeneamente entre os segmentos analisados.

Rejeição

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes:

  • João Campos (PSB): 28%
  • Mendonça Filho (DEM): 28%
  • Coronel Feitosa (PSC): 28%
  • Charbel (Novo): 22%
  • Carlos (PSL): 21%
  • Victor Assis (PCO): 21%
  • Thiago Santos (UP): 21%
  • Marília Arraes (PT): 19%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 18%
  • Claudia Ribeiro (PSTU): 15%
  • Delegada Patrícia (Podemos): 14%
  • Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

Simulações de segundo turno

  • Delegada Patrícia 39% x 44% João Campos.
    Branco/Nulo: 15%. Não sabe/não respondeu: 2%

     
  • Delegada Patrícia 42% x 38% Marilia Arraes.
    Branco/Nulo: 17%. Não sabe/não respondeu: 3%

     
  • Delegada Patrícia 43% x 38% Mendonça Filho.
    Branco/Nulo: 17%. Não sabe/não respondeu: 2%

     
  • João Campos 44% x 33% Marília Arraes.
    Branco/Nulo: 21%. Não sabe/não respondeu: 2%

     
  • João Campos 48% x 33% Mendonça Filho.
    Branco/Nulo: 18%. Não sabe/não respondeu: 2%

     
  • Marilia Arraes 41% x 40% Mendonça Filho.
    Branco/Nulo: 17%. Não sabe/não respondeu: 2%

Evolução dos candidatos

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado no dia 7 de outubro:

  • João Campos foi de 23% para 33%
  • Mendonça Filho foi de 19% para 18%
  • Marília Arraes se manteve em 14 %
  • Delegada Patrícia foi de 11% para 13%
  • Claudia Ribeiro se manteve em 1%
  • Coronel Feitosa se manteve em 1%
  • Marco Aurélio Meu Amigo se manteve em 1%
  • Carlos saiu de 0% para 1%
  • Branco/nulo: saiu de 22% para 14%
  • Não sabe/não respondeu: saiu de 7% para 3%

Charbel e Thiago Santos se mantiveram com menos de 1%. Victor Assis, que no levantamento anterior tinha menos de 1%, não foi citado na nova pesquisa.

A pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.001 eleitores da cidade do Recife
  • Quando a pesquisa foi feita: entre os dias 13 e 15 de outubro
  • Número de identificação no TRE-PE: PE 08776/2020
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

    Ouça a análise da pesquisa na reportagem de Fernando Alvarenga, clicando no play cima. 


     

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook