Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Movimento Econômico

Pede.ai e Mova revolucionam o delivery no Sertão do Nordeste


Por: REDAÇÃO Portal

Focando em cidades de 20 mil a 200 mil habitantes, plataformas digitais já conquistaram 800 mil downloads

Focando em cidades de 20 mil a 200 mil habitantes, plataformas digitais já conquistaram 800 mil downloads

Foto: João neves, CEO e co-fundador do pede.ai: foco em cidades do interior desassistidas/divulgação

14/04/2021
    Compartilhe:

Luciana Leão, do Jornal do Sertão*

Quando cinco estudantes dos cursos de Engenharia de Produção e Engenharia da Computação da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) se juntaram para desenvolver um aplicativo de delivery, em 2017, ao qual deram o nome de pede.aí, não imaginariam que a tecnologia iria alcançar, em menos de quatro anos, 172 cidades em 18 estados brasileiros, entre eles, todos da região Nordeste e alguns do Norte, Centro-Oeste e Sudeste, além de 800 mil downloads e oito mil licenciados cadastrados. 

O co-fundador e CEO do pede.aí, João Neves, admite que a estratégia de interiorizar sua atuação para cidades entre 20 mil a 200 mil habitantes desassistidas desse tipo de plataforma contribuiu para o crescimento do aplicativo. Somente em 2020, em meio à pandemia do coronavírus, o resultado foi de 500%, se comparados ao ano anterior. “Quando a gente olha para as cidades do Brasil com 20 mil até 200 mil habitantes há mais de 80 milhões de brasileiros. Então, quase 40% da população. Esse é o nosso público”, reforça.

Para João Neves outros fatores podem explicar a aceleração do crescimento da startup de Petrolina, precisamente, em 2020, quando a pandemia chegou em todo o País. “A situação da pandemia acelerou esse movimento nas cidades do interior. Outros fatores são nossos licenciados e parceiros que conhecem a cultura e o comportamento locais. Isso facilita no engajamento da população”, avaliou o co-fundador e CEO do pede.aí.

O app está entre os 10 mais baixados em todo o Brasil e pretende chegar a mais cidades em 2021. A meta é chegar a mais 50 municípios. Para isso, recentemente o grupo adquiriu uma plataforma de mobilidade urbana, o Mova, também desenvolvida em Petrolina, por dois empresários: Diogo Portela e Heriko Railson. 

O “Uber” do interior

A compra do Mova, conhecido na região como o “uber” do Sertão, fortalece a estratégia do pede.aí de crescer para outras cidades do interior, ao oferecer o serviço de mobilidade urbana, levando o aplicativo Mova para sua área de atuação do Brasil.

“Estamos entusiasmados por unir forças com o Mova e liderar a futura revolução no interior com os nossos serviços de delivery e mobilidade”, revela João Neves. Fundado em 2018, o Mova já realizou mais de 1.8 milhões de viagens, 100 mil downloads do aplicativo e possui mais de 10 mil motoristas cadastrados entre carros de passeio e mototaxistas, com presença em Petrolina , Juazeiro (BA), Araripina, Garanhuns, Picos (PI), Serra Talhada, Santa Cruz do Capibaribe, Nanuque-MG.

Planos para 2021

Com a pandemia do coronavírus, os hábitos de compra das pessoas mudaram. O comércio on-line ganhou mercado. Milhares de pessoas também modificaram suas preferências pelo transporte de qualidade, seguro e acessível. Neste cenário, nada mais oportuno para investir e apostar em novas plataformas inteligentes.

Neste cenário, o pede.ai e o Mova viram a oportunidade de crescimento e apostam em novos aplicativos. No final de março foi inaugurado em Petrolina, o primeiro HUB de inovação do Vale do São Francisco. O HUB tem como principal objetivo acelerar a criação e maturação de novas startups no vale.

Mova, o “uber” do Sertão/Foto: divulgação

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook