Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

ANJ critica declarações de Bolsonaro contra o “Valor Econômico”


Por: REDAÇÃO Portal

Associação Nacional de Jornais classificou as declarações como “equivocadas”

Associação Nacional de Jornais classificou as declarações como “equivocadas”

Foto: Agência Brasil

23/08/2019
    Compartilhe:

Por meio de nota divulgada na última quinta-feira (22), a Associação Nacional de Jornais (ANJ) condenou declarações do presidente Jair Bolsonaro dizendo que o jornal “Valor Econômico” vai fechar porque não aguenta viver sem a receita da publicação do balanço das grandes empresas.

“O presidente ignora mais uma vez a relevância da atividade jornalística, sobretudo em uma era em que a desinformação e o sectarismo transbordam de redes sociais e manifestações oficias”, disse a ANJ, que ainda classificou as declarações como “equivocadas”.

Nesta sexta (23), em entrevista à Rádio Jornal (Recife), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse (sem citar os nomes) que uma rede de televisão do Rio de Janeiro (TV Globo) e um grande jornal paulista (Folha de São Paulo) publicam notícias falsas contra o governo, apenas com o intuito de desgastá-lo, o que não é verdade.

O comentário do presidente foi feito em encontro com representantes da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão, no Palácio do Planalto. 

“Sabe o que eu posso fazer? Chamo o presidente da Petrobrás aqui e digo: 'Vem cá, (Roberto) Castello Branco. Você vai mostrar seu balancete este ano no jornal O Globo'”, disse ele.

“Posso fazer ou não? Vinte páginas de jornais para isso. E o jornal ‘Valor Econômico’, que é da Globo, vai fechar. Não devia falar? Não devia falar, mas qual é o problema? Será que eu vou ser um presidente politicamente correto?” 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook