Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Daniel diz que delegada Patrícia Domingos é vítima de “perseguição política”


Por: REDAÇÃO Portal

Ela sendo investigada pela Corregedoria da Polícia Civil devido a inquéritos que instalou quando comandava a DECASP

Ela sendo investigada pela Corregedoria da Polícia Civil devido a inquéritos que instalou quando comandava a DECASP

Foto: Agência Câmara

06/08/2019
    Compartilhe:

Em discurso na Câmara Federal, nesta terça-feira (6), o deputado Daniel Coelho, acusou o Governo do Estado de estar perseguindo politicamente a delegada Patrícia Domingos, ex-titular da Delegacia de Combate aos Crimes contra o Patrimônio (DECASP).

A delegada está sendo investigada pela Corregedoria da Polícia Civil devido a inquéritos que instalou quando comandava a Delegacia, inclusive contra pessoas do PSB, partido do governador Paulo Câmara.

Segundo o deputado “o Estado de Pernambuco vive um momento de abandono e autoritarismo nunca visto em sua história republicana. Foi com perplexidade que a sociedade do nosso Estado acompanhou na semana passada a divulgação de um inquérito contra a delegada Patrícia Domingos. Só para mostrar o ambiente autoritário em que vive o nosso Estado, a delegada não foi notificada previamente para que pudesse se explicar dos motivos do inquérito. Só soube através da imprensa”. 

De acordo ainda com o líder da bancada do CIDADANIA, apesar de existirem mais de 6 mil inquéritos inconclusos no Estado, não há nenhum outro profissional investigado pelas mesmas razões.

“Só quem está sendo investigada é a delegada Patrícia Domingos, que mexeu com interesses políticos porque estava desvendando casos de corrupção relacionados ao Governo do Estado. É inadmissível uma perseguição política a uma servidora, a uma profissional de polícia, sem nenhum tipo de razão. Quer dizer que agora a culpa de inquérito em aberto é da delegada, e não do governador, por não dar-lhe as condições necessárias para concluí-los?”, questionou Daniel Coelho.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook