Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Indiferente à “fritura”, Tavares continua à frente da Compesa


Por: REDAÇÃO Portal

Nesta sexta ele visitou duas obras

Nesta sexta ele visitou duas obras

Foto: Divulgação

09/08/2019
    Compartilhe:

Indiferente às “notinhas” plantadas pelo Palácio do Governo, e não desmentidas até agora, de que seus dias à frente da Compesa estão contados, o presidente Roberto Tavares não está ligando para essas matérias.

Nesta sexta-feira (9), visitou as obras da Adutora do Alto Capibaribe, em Barra de São Miguel, na Paraíba, além da construção do esgotamento sanitário de Santa Cruz do Capibaribe. 

Acompanhado pelo diretor técnico e de engenharia da empresa, Rômulo Aurélio, Tavares visitou o trecho de captação no rio Paraíba, distante quase 50 km da cidade de Santa Cruz do Capibaribe (PE).

A obra, orçada em R$ 85 milhões, vai levar água da transposição do rio São Francisco para nove cidades do Agreste pernambucano e uma da Paraíba, Barra de São Miguel. 

Segundo Tavares, já foram assentados quase 50% das tubulações, de um total de 70 km de extensão. “Estamos acelerando o ritmo das obras para que possamos entregar a adutora no primeiro trimestre do ano que vem”, disse o presidente.
 
A Adutora do Alto Capibaribe é uma das obras hídricas concebidas pelo Governo do Estado para antecipar a chegada das águas do São Francisco ao Agreste pernambucano.

A adutora irá transportar 371 litros de água por segundo, captada no rio Paraíba, próximo ao açude Boqueirão, no município de São Miguel, beneficiando cerca de 230 mil pessoas nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte e Brejo de Madre de Deus. Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério, além do distrito de São Domingos, pertencente a Brejo da Madre de Deus.
 
A obra de esgotamento sanitário de Santa Cruz já está 80% concluída. A cidade, a mais populosa do Agreste Setentrional com 110 mil habitantes, já deverá contar com esses serviços no início do próximo ano.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook