Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Ministro cobra providências da PGR contra Deltan Dallagnol


Por: REDAÇÃO Portal

Gilmar Mendes diz que procurador incentivou um colega a investigá-lo

Gilmar Mendes diz que procurador incentivou um colega a investigá-lo

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

06/08/2019
    Compartilhe:

O ministro Gilmar Mendes (STF) disse nesta terça-feira (6) que chegou a hora de a Procuradoria Geral da República tomar algum tipo de providência contra o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, que incentivou um colega a investigá-lo, assim como o presidente do STF, Dias Toffoli, mesmo sabendo que isto era ilegal.
Segundo Mendes, “está na hora de a Procuradoria tomar providências em relação a isto, pois tudo indica, à medida que os fatos vão sendo revelados (pelo site ‘The Intercept Brazil’), que nós tínhamos uma organização criminosa para investigar”.

O protesto do ministro foi divulgado pelo jornal espanhol “El País” no contexto de uma reportagem sobre as investigações ilegais de Dallagnol, em combinação com o então juiz Sérgio Moro.

Semana passada, o jornal “Folha de São Paulo” também noticiou que o ministro Dias Toffoli esteve na mira de Dallagnol, que queria investigar o patrimônio dele e o de sua mulher.  

“Isto é a revelação de um quadro de desmando completo”, declarou Gilmar Mendes a jornalistas que cobrem o STF. Até agora, porém, a procuradora geral Raquel Dodge continua em silêncio. Teme ser acusada de ser contra a “Lava Jato” se porventura abrir processo interno contra Dallagnol.

Dallagnol tentou envolver Gilmar Mendes com “Paulo Preto”, suposto operador de recursos de “caixa dois” do PSDB paulista, que está preso.  
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook