Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Presidente da Câmara vê país caminhando para o autoritarismo


Por: REDAÇÃO Portal

Comentário foi feito na Associação dos Advogados de São Paulo

Comentário foi feito na Associação dos Advogados de São Paulo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

23/08/2019
    Compartilhe:

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deu mais um passo nesta sexta-feira (23) para se afastar do presidente da República, Jair Bolsonaro, com quem tem relações institucionais desde a tramitação do projeto de reforma da previdência.

Segundo Maia, o Brasil vive hoje “quase um estado autoritário”, inclusive na área do meio ambiente, dada às últimas declarações de Bolsonaro afrontando o INPE e as Ongs que atuam na Amazônia.

“Vivemos quase num estado autoritário pelo poder que muitos setores, eu não digo só não área da segurança pública, no Judiciário, mas os setores como um todo, inclusive no meio ambiente, em relação à vida da sociedade brasileira”, declarou Rodrigo Maia.

O comentário foi feito na Associação dos Advogados de São Paulo, que entregou ao presidente da Câmara um relatório sobre o “pacote anticrime” do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook