Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Presidente da OAB elogia Paulo Câmara pela escolha de Carlos Neves


Por: REDAÇÃO Portal

Santa Cruz disse que a advocacia se sente “prestigiada” com nomeação

Santa Cruz disse que a advocacia se sente “prestigiada” com nomeação

Foto: TCE-PE

28/08/2019
    Compartilhe:

O presidente da OAB nacional, Felipe Santa Cruz, que prestigiou nesta quarta-feira (28) a posse do novo conselheiro do TCE, Carlos Neves, foi convidado pelo presidente Marcos Loreto, fora do protocolo, para fazer uma saudação ao colega, que era conselheiro federal e presidiu até o mês de julho a Comissão de Direito Eleitoral da instituição.
Santa Cruz parabenizou inicialmente o governador Paulo Câmara por ter escolhido Carlos Neves para a vaga deixada por João Campos, solidarizando-se em seguida com ele pelas posições que tem assumido no contexto político nacional. 

Depois, dirigiu-se à vice-governadora Luciana Santos dizendo que sua avó paterna, Elzita Santa Cruz, que faleceu recentemente, em Olinda, aos 105 anos de idade, “era uma grande admiradora” de sua trajetória política. Luciana foi deputada estadual e federal, prefeita de Olinda duas vezes e atualmente é vice-governadora. 

Sobre Carlos Neves, a quem se dirigiu como “Carlinhos”, ele disse que a advocacia se sente “prestigiada” com a nomeação dele para o TCE de Pernambuco, “que é muito valioso, como instituição, para este Estado e para o Brasil”. Frisou que poucas posses foram tão prestigiadas quanto a dele, que teve a presença de conselheiros federais, presidentes de secções regionais de vários estados, vários ex-presidentes da OAB-PE, advogados, juízes, desembargadores e membros do Ministério Público.

Santa Cruz declarou também que o sistema de controle no país está passando por grandes desafios, entre eles o de compreender a difícil situação em que se encontra a grande maioria das prefeituras, que não dispõem de recursos para atender às suas necessidades, lembrando que só no Rio de Janeiro, onde nasceu e reside, há cerca de 15 mil pessoas morando nas ruas.

“Não será fácil a tua tarefa”, disse o presidente da OAB, conclamando o novo conselheiro a se engajar na luta contra a “criminalização da política” e por mais democracia, mais liberdade e mais controle.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook