Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

PSL pede ao STF que anule a votação da Câmara que aprovou a Lei do Abuso


Por: REDAÇÃO Portal

Partido entende que houve ilegalidade no processo de votação

Partido entende que houve ilegalidade no processo de votação

Foto: Divulgação

18/08/2019
    Compartilhe:

Parlamentares do PSL, partido que tem como presidente nacional o deputado Luciano Bivar (PE), ajuizaram mandado de segurança no STF neste final de semana pedindo a anulação da sessão da Câmara que aprovou na última quarta-feira (14) a Lei de Abuso de Autoridade.

Segundo a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), o partido entende que houve ilegalidade no processo de votação, pois os parlamentares foram impedidos pelo presidente Rodrigo Maia de fazer votação nominal.

“O projeto foi conduzido de forma inadequada na Câmara, que, na nossa visão, viola algumas garantias fundamentais", escreveu o deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP) em sua conta no Twitter. No total, 11 parlamentares do PSL assinaram o pedido. 

O PL foi aprovado em votação simbólica, mas o PSL alega que havia número suficiente para votação nominal. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook