Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Será Aras um novo Geraldo Brindeiro?


Por: REDAÇÃO Portal

Coluna Fogo Cruzado – 7 de setembro de 2019

Coluna Fogo Cruzado – 7 de setembro de 2019
06/09/2019
    Compartilhe:

O presidente Jair Bolsonaro convidou o subprocurador Augusto Aras para ser o substituto de Raquel Dodge na Procuradoria Geral da República a partir do próximo dia 18. Pela Constituição, o presidente pode escolher quem quiser, desde que seja dos quadros da Procuradoria. Bolsonaro, no entanto, ignorou a lista tríplice elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República e fez opção por um procurador que tem pensamento semelhante ao dele. As reações surgiram no mesmo dia, a partir de uma nota da Associação. Ela afirma que Aras não quis participar da eleição direta de que resultou a lista tríplice e não tem liderança na classe para comandar uma “máquina” com mil procuradores. Bolsonaro, repita-se, não infringiu nenhuma lei ao optar pelo nome de Aras, com quem se encontrou reservadamente, cinco vezes, antes de fazer-lhe o convite oficial. Mas pode estar dando ao Brasil um novo Geraldo Brindeiro, o pernambucano que ficou 8 anos no cargo durante o governo de FHC e foi para casa em 2003 levando nas costas o nada honroso título de “Engavetador Geral da República”. 

Confronto de torcidas

Neste dia 7 de setembro, haverá no Recife manifestações contra e favor do governo Bolsonaro. Os “contra” vão se reunir a partir das 8h, na Praça do Derby, na 25ª edição do “Grito dos Excluídos”. Já os “a favor” vão se encontrar em frente ao “Geraldão”, na Av. Mascarenhas de Moraes, onde será realizado o Desfile da Independência.

Nordeste esquecido

Desde que assumiu o Ministério da Economia, há 8 meses, o ministro Paulo Guedes fez uma única visita ao Nordeste. Foi na última 5ª feira, a Fortaleza, onde proferiu palestra para empresários cearenses. Isto é a prova de que os ministros da Fazenda, sejam de que governo for, tratam esta região como se fosse um “peso” nas costas do país.

Berço do mensalão

Ao justificar, em Fortaleza, a privatização de estatais no governo Bolsonaro, o ministro Paulo Guedes declarou: “Qual dúvida em privatizar os Correios? Lá nasceu o mensalão e ninguém mais escreve cartas”. O ministro se queixou do TCU por segurar por 1 ano, e às vezes mais, a análise prévia de editais de licitação. “Isso trava o país”, disse.

Eleição direta

O PT pode ter todos os defeitos do mundo, mas é o único partido do Brasil onde se pratica a democracia interna. Neste domingo, o partido realizará seu tradicional PED (processo de eleição direta) para a escolha dos dirigentes municipais e dos delegados que irão votar nos congressos estadual (19/10) e nacional (22/11) do partido. 

Contra o veto

A Lei de Abuso de Autoridade, sancionada pelo presidente Bolsonaro com 19 vetos, coloca em campos opostos a OAB e as associações de juízes e membros do Ministério Público. O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, já começou a conversar com os membros da bancada federal de Pernambuco para pedir apoio à derrubada do veto.

Vácuo no Recife

Em sua última campanha de filiação, o PSL atraiu para o partido 188 mil novos filiados, mas segue sem candidatos competitivos em todas as capitais do Nordeste. O deputado e ex-presidente do Sport, Luciano Bivar, seria o candidato natural à prefeitura do Recife, mas foge dessa possibilidade como o diabo da cruz.     

É melhor assim

Felipe Carreras decidiu ficar no PSB, mesmo suspenso de suas atividades partidárias por 1 ano, porque a condição de “dissidente” tem lhe proporcionado generosos espaços na mídia local e nacional. Se for expulso, ótimo (para ele), porque estará livre para se abrigar em outra legenda. Se não, a “dissidência” também é positiva.  

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook