Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

STF rejeita denúncia contra ministro do TCU


Por: REDAÇÃO Portal

Alegação contra Aroldo Cedraz seria por suposto tráfico de influência

 Alegação contra Aroldo Cedraz seria por suposto tráfico de influência

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

10/09/2019
    Compartilhe:

A Segunda Turma do STF decidiu nesta terça-feira (10) por 3 votos contra 2 rejeitar denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o ministro do TCU, Aroldo Cedraz,  por suposto tráfico de influência no âmbito da Operação Lava Jato. 

Também foi rejeitado o pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para afastar Cedraz do cargo.

De acordo com a denúncia, o ministro teria se valido do seu prestígio no TCU para influenciar o resultado de julgamentos de interesse de uma empreiteira. Apenas os ministros Edson Fachin e Carmen Lúcia votaram pelo recebimento da denúncia.

Ela sustenta ainda que o advogado Tiago Cedraz, filho do ministro, recebeu, de junho de 2012 a setembro de 2014, pagamentos mensais no valor de R$ 50 mil, mais um pagamento extra de R$ 1 milhão, em troca de favores à empreiteira.

Porém, de acordo com os ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Celso de Mello, não há provas suficientes nos autos para se abrir uma ação penal contra Cedraz.

“É uma denúncia digna do doutor (Rodrigo) Janot. Esses procuradores nas suas viagens talvez consigam explicar isso com algum alucinógeno”, disse o ministro Gilmar Mendes.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook