Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Projetos e Eventos

Confira quais são as melhores empresas de Pernambuco de acordo com o Balanço Empresarial


Por: REDAÇÃO Portal

Veja a relação das organizações que tiveram os melhores desempenhos em 2018

Veja a relação das organizações que tiveram os melhores desempenhos em 2018
02/09/2019
    Compartilhe:

Confira as empresas que foram destaque no Balanço Empresarial nos oito indicadores:

Mesmo impactada pela crise e seus efeitos no mercado de energia, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) teve um bom desempenho em 2018, com um crescimento do lucro líquido bastante superior à expansão da receita. O lucro teve um salto de 98,4% passando de R$ 56 milhões para R$ 111 milhões, enquanto o faturamento aumentou 6%, para R$ 5,6 bilhões, o maior de toda a economia local. A performance no lucro – e na receita -- se deveu a esforços de gestão e ao combate ao furto de eletricidade.

O balanço do Hospital Esperança – que consolida os resultados da unidade juntamente com o Hospital São Marcos – aponta uma variação do imobilizado de 112% entre 2017 e 2018, passando de R$ 163,8 milhões para R$ 348,7 milhões. As duas unidades – juntamente com o Esperança Olinda e o Memorial São José – são geridas pela rede D’Or/São Luís.

 

O Complexo Industrial e Portuário de Suape registrou, em 2018, estabilidade nas operações, com um ligeiro decréscimo, de 0,8% nas suas movimentações de cargas. Como resultado, a receita gerada com as operações portuárias e o lucro dessas operações foram afetados, ainda que discretamente. O resultado financeiro só foi revertido graças a um crédito fiscal de impostos federais. Com isso, o risco de fechar 2018 no vermelho foi afastado. O lucro do período chegou a R$ 36,7 milhões, incremento de 226% sobre os R$ 11,2 milhões de ganhos em 2017.

 

A Ustore, que alcançou a liderança na rentabilidade do patrimônio Líquido no levantamento do Balanço Empresarial, credita a expansão do seu negócio ao boom no segmento de computação em nuvem, uma das áreas mais atrativas hoje na tecnologia da informação e comunicação (TIC). A rentabilidade da startup registrou um salto de nada menos que 222%, entre 2017 e 2018, passando de R$ 780 mil reais para R$ 1,7 milhão.

 

Pela segunda edição consecutiva, a Hipercard conseguiu se destacar no Balanço Empresarial nas duas categorias mais importantes, Ativo e Lucro Líquido. Em 2018, ano de forte crise no Brasil, a gestora de cartões de crédito, que desde 2004 é administrada pelo Itaú, fechou com um ativo bilionário de R$ 17.683.874.000, frente aos R$ 15,9 bilhões de 2017. O lucro líquido teve uma ligeira queda, de um balanço para o outro, fruto da redução de juros no País: 2018 fechou em R$ 345,296 milhões, ante os R$  437,261 milhões de 2017.


 

Nexus Securitizadora é uma Sociedade Anônima fechada, com o escritório principal em Recife. O Movimento Econômico tentou contato com a empresa pelo telefone disponível em seus dados cadastrais, cujo DDD é do Paraná, mas não obteve sucesso. A empresa tem como endereço da sua matriz a Av. Agamenon Magalhaes, 2939, Sala 807, Boa Vista. A empresa alcançou 179% de variação em sua receita líquida, que saltou de R$ 3, 6 milhões, em 2017 para R$ 10 milhões em 2018.

EBrasil migrou do ramo da cerâmica para o de energia e hoje constrói a maior térmica da América Latina. Passa por excelente fase nos indicadores financeiros e figura no 1º lugar em margem líquida no Balanço Empresarial, com crescimento de 64%

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook