Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Negócios

Escola F abre as portas para expansão


Por: REDAÇÃO Portal

O Programa Facilitadores F

O Programa Facilitadores F

Foto: Elane Cabral e Antônio Jorge: expansão da Escola F

13/03/2020
    Compartilhe:

A Escola F está abrindo oportunidade às pessoas que buscam se desenvolver para atuar como facilitadores em reuniões ou trabalhos em grupos, tornando-se mais efetivas nos ambientes dos quais participam. O caminho é o seu Programa Facilitadores F, que além de atender aos anseios das famílias empresárias, traz a oportunidade para que profissionais do mercado possam se preparar para atuar como facilitadores na escola.

Isso porque a Escola F tem um projeto de expansão em curso. Com sede no Recife, a entidade, que é voltada à educação de famílias empresárias, prevê instalar novos núcleos em cidades onde já vem desenvolvendo atividades. “João Pessoa, Juazeiro do Norte, Natal e Fortaleza já contam com ações da Escola F. E o Programa Facilitadores vai nos ajudar a capacitar novos agentes para avançar com esse primeiro módulo de expansão que levaremos a essas localidades”, explica Antônio Jorge Araújo, sócio fundador.

O Programa Facilitadores teve seu piloto iniciado em 2018 e se estendeu para novas turmas em 2019. A turma atual é a primeira aberta ao mercado. Dela, participam não só membros de famílias empresárias, mas profissionais diversos, como consultores, executivos e advogados.

“Com o desenrolar dos cursos, fomos percebendo que a habilidade de facilitação não deveria ficar restrita ao núcleo das famílias, que poderia ser estendida a outras áreas, alcançando inclusive profissionais do mercado que atendem às famílias empresárias ou mesmo aqueles que precisam desenvolver esta habilidade de facilitar para suas atividades cotidianas, seja no trabalho, seja na própria casa”, explica a também sócia Elane Cabral.

No curso, a habilidade de contornar conflitos é um dos pontos fortes. Isso porque o público alvo vive os desafios da gestão em meio a problemas familiares que acabam por dificultar o processo de governança. Temas como liderança, dinâmica da empresa familiar, conversando com a família, limites e fronteiras, comunicação direta, escuta ativa, enfrentando os “não ditos”, questionando “crenças e verdades”, entre outros, também integram a programação.

Expansão

As atividades da Escola F têm tendência de crescimento. O universo das empresas familiares é vasto e cada vez mais todas as gerações se voltam ao tema da sucessão.

Com as atividades crescendo em outras cidades, a Escola F quer se preparar para atender essa demanda. Em João Pessoa, a entidade já vem atendendo in company uma grande indústria, assim como na região do Cariri. Atividades importantes já aconteceram na região, como Diálogos F e o Conselheiro F.

“Estamos nos preparando para atender esses e outros núcleos, inicialmente na região Nordeste, e precisaremos de profissionais que atuem com empresas familiares e a principal porta de entrada é o Programa Facilitadores F. É onde o profissional vai ver se tem identificação com a metodologia. É um curso diferente, onde a relação professor-aluno ganha novo significado. Na verdade, temos vários protagonistas sentados na cadeira e um facilitador que vai promover a troca de experiências”, explica Elane Cabral.

“É um saber diferente. E nosso diferencial é que acreditamos que os outros sabem e que podem e devem contribuir. Nós acreditamos que as famílias empresárias têm muito o que dizer e são capazes de transformar conhecimentos empíricos em conceitos sistematizados”, conclui Antônio Jorge.

A seleção e as inscrições para a próxima turma do Programa Facilitadores F, que acontecerá no segundo semestre deste ano, estarão abertas em breve. Para informações detalhadas acessar o site da Escola F.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook