Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Negócios

Iquine adquire rival cearense e se torna a terceira maior indústria de tintas


Por: PATRÍCIA RAPOSO

Com a aquisição da Tintas Hidracor, a Iquine hoje se torna a maior empresa de tintas com capital 100% nacional

Com a aquisição da Tintas Hidracor, a Iquine hoje se torna a maior empresa de tintas com capital 100% nacional

Foto: Delino Souza, o acionista principal da Iquine, ladeado pelo consultor Carlos Rebelatto, da JBR Partners, o acionista Alan de Souza (ambos em pé) e pelo advogado Delmar Siqueira/Foto: divulgação

13/03/2020
    Compartilhe:

A Tintas Iquine assinou hoje um acordo de compra da Tintas Hidracor, do grupo cearense Grupo J. Macedo. Com a operação, a Iquine consolida sua liderança no Nordeste, saltando para o terceiro lugar no ranking das maiores empresas do setor de tintas decorativas, atrás apenas da Coral e da Suvinil. O valor do negócio não foi revelado.

“Com a aquisição da Tintas Hidracor, a Iquine hoje se torna a maior empresa de tintas com capital 100% nacional”, afirma Alan Souza, sócio e membro do conselho da Iquine. Juntas, as empresas vão alcançar faturamento de R$ 700 milhões.

“A consolidação das duas empresas vem potencializar a presença do conjunto de marcas no mercado”, acrescenta Alan. Segundo ele, as negociações começaram há dois anos. “Contamos ótimo trabalho de nossos advisors, a JBR Partner e a Integri Advisory”, ressaltou.

De acordo com Carlos Rebelatto, da JBR Partners, com essa movimentação, a Iquine vai fortalecer sua presença no Norte do país, onde a Hidracor tinha grande penetração, estando presente há mais de 50 anos.

Alan ressalta que as empresas têm valores semelhantes e se complementam tanto em termos geográficos como em portfólio.  “A Hidracor é líder na região norte, tem 57 anos de tradição, uma equipe muito competente, administrada por  um grupo muito tradicional e todos esses predicados nos levaram a mirar nela para avançar com nosso plano de expansão regional, explica ele.

Agora a Iquine passa ter duas plataformas produção e distribuição de seus produtos. Tanto as três fábricas do Ceará – uma em Maracanaú e duas em Acarape – como a sua unidade fabril em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, passarão a produzir as marcas da Iquine e da Hidracor.

O negócio acontece num cenário bem turbulento da economia, mas Alan não se intimida e diz que o momento pede trabalho e adequação regional. “Temos que adaptar nosso portfólio à realidade do consumidor. Se a população está com poder aquisitivo baixo, vamos adequar os nossos produtos, reduzindo tamanho da embalagem e preço, buscando diferenciais logísticos que nos tornem mais competitivos”.

 

Com a aquisição, a Iquine vai ampliar a capacidade de produção em 100 milhões de litros por ano e dobra o número de funcionários. Com a consolidação da operação, que será submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), a capacidade de produção da companhia passará para cerca de 220 milhões de litros de tintas decorativas por ano.

“A aquisição da Hidracor é importante para o fortalecimento e diversificação do nosso portfólio, traz complementariedade nos processos produtivos e melhoria da operação logística, levando a uma maior eficiência de toda cadeia produtiva”, destaca Eduardo Moretti, CEO da Tintas Iquine.

A Tintas Iquine foi fundada em fevereiro de 1974, no Polo Industrial de Jaboatão dos Guararapes (Grande Recife).

Com capacidade de produção de 120 milhões de litros por ano, a fábrica está entre as mais modernas indústrias de tintas da América Latina. Criadora do primeiro sistema tintométrico 100% base água do país, tem atualmente mais de 1.300 produtos no seu portfólio. São 400 colaboradores diretos, atendendo a mais de 20 mil pontos de vendas, em todo país.

Já a Tintas Hidracor opera as marcas Hidracor e Hipercor, e oferece uma linha completa de produtos para pintura decorativa (imobiliária), com tintas acrílicas, esmaltes sintéticos, texturas acrílicas, corantes, tinta em pó e cal. Possui ampla atuação, em 16 estados do país mais Distrito Federal, o que gera mais de 450 empregos diretos.

Com três unidades fabris no estado do Ceará, a Hidracor tem capacidade de produção de 100 milhões de litros por ano de tintas imobiliárias líquidas e 120 mil toneladas por ano de Supercal e tintas em pó. Robustez necessária para atender mais de 20 mil pontos de venda, 8 mil clientes diretos, com distribuição para cerca de 1.200 municípios brasileiros.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook