Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Artigos

Liderança em tempos de crise


Por: REDAÇÃO Portal

O líder é aquele que serve. E, neste momento, ele tem que servir de exemplo para sua equipe, de inspiração para seus clientes

O líder é aquele que serve. E, neste momento, ele tem que servir de exemplo para sua equipe, de inspiração para seus clientes

Foto: Alfredo Júnior/Foto Thaís Lima

19/03/2020
    Compartilhe:

Alfredo Junior*

Junto com meus sócios, abri a primeira unidade do Hub Plural (na época se chamava Impact Hub Recife), no dia 27 de Outubro de 2013, na Rua do Bom Jesus, Recife Antigo. Usamos toda a (pouca) economia que tínhamos na época, pegamos dinheiro com banco, tiramos ConstruCards, vendemos antecipado… enfim, botamos o negócio de pé. 

Estávamos muito felizes com os resultados de curto prazo que estávamos obtendo. Nossos principais clientes eram micro e pequenas empresas do setor de serviços, startups, profissionais autônomos e freelancers. E eles estavam muito satisfeitos com a nossa entrega. 

A nossa proposta de valor era muito clara e estava sendo muito bem aceita pelo mercado: oferecer espaços de trabalho inspiradores, de forma flexível e mais econômica. 

Com pouco mais de um ano em funcionamento, fizemos a primeira expansão e abrimos uma nova unidade, em Casa Forte. Logo em seguida, a crise imobiliária brasileira estourou valendo. De início, achávamos que isso seria muito bom para o nosso negócio, afinal de contas, estávamos indo na contramão do mercado imobiliário. Ledo engano, coisa de empreendedor iniciante, inocente. 

De repente, estávamos concorrendo com salas comerciais e escritórios, nos principais empresariais da cidade, que estavam, literalmente, sendo ofertados de graça! Você só precisava pagar o condomínio e pronto. Uma verdadeira enxurrada de imóveis ficaram desalugados e passaram a ser ofertados no mercado por preços ridículos. Um golpe para o nosso modelo de negócio. 

Quando me dei conta, passei um dia inteiro deitado, sem saber o que fazer. No dia seguinte, levantei com meu espírito decidido a liderar na crise, tomei vergonha na cara e comecei a ter uma atitude de líder. Uma coisa que ficou muito clara pra mim naquela época, e que está mais atual do que nunca, é que na crise, cresce quem tem saídas, e não só queixas.

Quando olhamos para a história dos grandes empreendedores brasileiros, logo percebemos que eles não criaram suas empresas na bonança, até porque momentos de bonança são raros na história do Brasil. Eles forjaram seus negócios enfrentando as dificuldades econômicas e políticas de seus tempos. E superaram essas dificuldades se reinventando, encontrando oportunidades nessas crises. 

Esses empreendedores não foram só empresários. Nesses momentos, foram grandes líderes. São líderes que constroem as empresas líderes. Darwin diz que as espécies que sobrevivem não são as mais fortes, e sim as que mais rapidamente se adaptam a novas condições. E assim, nos reinventamos. 

Impact Hub Recife se transformou em Hub Plural. Nosso modelo de negócio, antes pautado na flexibilidade e economia, passou a se basear na economia da experiência e da colaboração. Nossa missão evoluiu para a transformação da experiência do trabalhar e viver. Introduzimos novos produtos e serviços, novas práticas de atendimento e hospitalidade foram adotadas… Enfim, nos adaptamos. 

O que isso tudo me deixou de aprendizado? É de líderes que o momento atual precisa. O capitão não pode entrar em pânico na hora da turbulência.

Há dois meses, inauguramos uma nova unidade do Hub Plural, em Boa Viagem. Estamos com duas outras novas unidades em fase final de obras, que estavam com data de inauguração marcada para 30 de Março e 13 de Abril, no Recife Antigo e Aflitos. Obviamente, todo o nosso planejamento anual foi por água abaixo. Tivemos que mudar o nosso mindset estratégico para um mindset tático. Mais uma vez, que nem em 2015. 

Por isso, minha recomendação a você é que foque na comunicação interna da sua empresa, cuide da sua equipe e dos seus clientes, preserve seu caixa, resguarde sua cadeia de fornecedores. As empresas não precisam de chefes neste momento, precisam de líderes.

Em tempos turbulentos e de muita incerteza, nossos clientes precisam de nós mais do que nunca. As grandes invenções foram criadas em momentos de guerra e de necessidade extrema. Foi o frio que inventou o fogo, a distância que inventou a roda. É o problema que cria a grande solução.

A crise econômica que virá após a pandemia do Coronavírus vai passar. É um fato. Mas não adianta ficar só chorando com o ambiente externo à empresa, que ela não consegue mudar. Então temos que mudar o ambiente da empresa: inovar as formas de fazer, investir na produtividade e olhar para o médio e o longo prazo.

Isso exige cabeça descansada e nutrida, senso crítico afiado, sono reparador, esporte, meditação... o que for preciso para controlar o estresse e aumentar a imunidade. E também uma agenda limpa de tudo o que distraia desses objetivos.

O líder é aquele que serve. E, neste momento, ele tem que servir de exemplo para sua equipe, de inspiração para seus clientes e de independência intelectual e bom senso para a nação.

*Alfredo Júnior é diretor de Qualquer Coisa do Hub Plural

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook