Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Artigos

Mercado de trabalho: como conseguir uma entrevista de emprego rapidamente


Por: REDAÇÃO Portal

Além de evitar erros fatais no currículo como falta de personalização, foco e uma linguagem inapropriada, é indispensável analisar o perfil das vagas disponíveis

Além de evitar erros fatais no currículo como falta de personalização, foco e uma linguagem inapropriada, é indispensável analisar o perfil das vagas disponíveis

Foto: Bruno Cunha/Foto: divulgação

04/09/2020
    Compartilhe:

Por Bruno Cunha

Frequentemente, indivíduos que buscam uma recolocação profissional tem de se submeter a diversas candidaturas. Entretanto, em função de problemas básicos — como um currículo inadequado — a maioria dos candidatos sequer são convidados para entrevista de emprego. Por isso, participar de processos seletivos passa diretamente pela eliminação de impeditivos como esse.

Além de evitar erros fatais no currículo como falta de personalização, foco e uma linguagem inapropriada, é indispensável analisar o perfil das vagas disponíveis, se comunicar de forma assertiva com os recrutadores e, principalmente, transmitir seu perfil e experiências de forma adequada.

Quer entender melhor sobre como conquistar entrevistas e melhorar suas chances de retornar ao mercado de trabalho? Então, continue a leitura e confira as dicas que separei para você.

Por que não sou chamado para entrevistas?

O currículo nada mais é que a porta de entrada para qualquer organização. Isso porque, em um processo seletivo estruturado, há diversas etapas que começam justamente pela triagem do documento. Muitos candidatos são eliminados de um processo pelo fato do currículo não conseguir se comunicar com os recrutadores. Portanto, fazer com que ele se destaque nos resultados de buscas é o primeiro passo para garantir ao menos uma entrevista de emprego.

Confira, a seguir, os principais erros cometidos por aqueles que não são convidados para uma entrevista de emprego.

Não ter o perfil para vaga

Em épocas de recessão econômica, é natural que a falta de emprego faça com que os candidatos se submetam a vagas de forma aleatória. Entretanto, é preciso destacar que, para ser chamado a uma entrevista, você deve apresentar os requisitos necessários para ocupar a vaga em questão.

Se possui formação em uma área profissional, por exemplo, o ideal é se oferecer para ocupar posições nessa área ou em esferas semelhantes. Momentos de crise sempre oferecem uma grande oferta de mão-de-obra qualificada no mercado de trabalho. Sendo assim, por que o RH vai optar em convidar para um processo seletivo quem não tem o perfil para vaga?

Não reunir as condições necessárias para vaga

Outro problema frequente é não atender todos os requisitos da vaga. É preciso lembrar que, ao fazer a seleção dos currículos, os recrutadores priorizam aqueles que apresentam todas as exigências anunciadas. Nesse sentido, se candidatar a uma posição e não estar de acordo com todas as premissas da vaga, pode comprometer suas chances de ser convidado para uma entrevista.

Portanto, é recomendável estar de olho em todas as exigências feitas pelo anúncio da vaga que pretende concorrer. Uma dica importante é observar os critérios estabelecidos como imprescindíveis, visto que estes são extremamente necessários para uma eventual contratação. Nesse sentido, caso não tenha as habilidades ou experiências necessárias, o melhor a se fazer é concentrar-se em outras oportunidades, evitando a frustração e decepção de não ser convidado.

Como conseguir uma entrevista de emprego?

Ainda que apresente um histórico impecável e tenha formações e habilidades procuradas pelo mercado de trabalho, é preciso se cercar de cuidados importantes. Isto é, antes de apresentar dados biográficos, relativos à sua formação, conhecimentos e percursos profissionais é preciso dominar os pontos que comprometem seu desempenho nas etapas iniciais do processo seletivo.

Veja quais são eles!

Tenha proatividade e amplie sua rede de contatos

Em um cenário de crise econômica não são raros os casos em que as empresas fecham vagas ao invés de abrir oportunidades. Com isso, tomar a iniciativa para ampliação do networking é fundamental para que aumente suas chances de voltar ao mercado.

Um bom networking é capaz de muni-lo de informações do mercado de trabalho, de modo espontâneo e gratuito. Consequentemente, as vagas existentes — ainda que mínimas — chegarão até você com mais facilidade tal como o acesso a novos processos seletivos.

Em outras palavras, deixar de ampliar sua rede de contatos é um importante fator dificultador, já que comprometerá o seu acesso às vagas, tornando mais difícil um convite para participar de uma entrevista, por exemplo. Ademais, tomar a iniciativa pode ser um diferencial quando os processos seletivos retornarem.

Seja focado e paciente

Fazer buscas aleatórias é uma prática extremamente prejudicial para quem busca uma recolocação profissional. Por isso, é importante estabelecer um objetivo e se manter focado nas áreas que correspondem não somente ao seu perfil, mas também que sejam congruentes com seus objetivos profissionais e de carreira.

Durante o processo seletivo, é preciso controlar a ansiedade e entender como funcionam os prazos para respostas. Em alguns casos, é possível que esse tempo seja diferente para alguns candidatos. Entretanto, ser paciente e, sobretudo, manter-se positivo são características indispensáveis para qualquer candidato. Caso contrário, pode acabar demonstrando demasiada dificuldade em manter o controle em situações de pressão, prazos apertados, entre outros.

Otimize seu currículo

Dispor todas as informações de maneira ordenada é um desafio, especialmente para quem busca chamar a atenção dos recrutadores. Inspirado nessa missão, muitos candidatos exibem o máximo de informações possível, incluindo experiências extracurriculares. Contudo, essa prática equivocada pode ser um erro irremissível, afinal, mais vale personalizar o currículo do que construir páginas e páginas de informações desnecessárias.

Por isso, é preciso customizar o documento em apenas duas páginas de acordo com as exigências da vaga pretendida. Confira com atenção as características buscadas e analise cuidadosamente os requisitos estabelecidos, sem deixar de lado o seu perfil profissional, isto é, certifique-se de que possui as habilidades compatíveis à vaga. Em seguida, basta colocar em evidência todas essas competências, focando especialmente na vaga em questão.

Agora que você conhece as principais causas de não ser chamado para uma entrevista e entende o que fazer para otimizar sua volta ao mercado de trabalho, que tal descobrir o que falta para aumentar sua empregabilidade? Descubra quais são os principais impeditivos para sua recolocação profissional!

*Bruno Cunha, Headhunter & Consultor de Carreira. Especialista em atendimentos profissionais que tem por objetivo contribuir para o crescimento hierárquico, alcance de melhores salários, desenvolvimento de carreira e recolocação profissional. Nos últimos 16 anos, desenvolveu métodos de diagnósticos profissionais capazes de identificar as necessidades individuais de centenas de profissionais.

Me acompanhe nas redes sociais. Estou no Linkedin, Instagram, Deezer ou Spotify

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook