Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Economia

Petrobras reduz preço do gás e reforça abastecimento de gás de cozinha em todo o país


Por: REDAÇÃO Portal

Três navios chegarão ao Porto de Santos com cerca de 4,8 milhão de botijão de 13 quilos

Três navios chegarão ao Porto de Santos com cerca de 4,8 milhão de botijão de 13 quilos
31/03/2020
    Compartilhe:

A Petrobras informou que está reforçando o abastecimento do gás liquefeito de petróleo (GLP), através de compras adicionais já efetuadas dentro do seu programa de importação. As importações adicionais se somarão às produções atuais das refinarias da região Sudeste, com a chegada de três navios no porto de Santos, o primeiro nesta segunda-feira (30) e os outros dois, nos dias 6 e 10 de abril.

Segundo a Petrobras, cada navio tem capacidade adicional  de 20 milhões de quilos de GLP, equivalente a 1,6 milhão de botijões de 13 quilos.

Nos últimos dias, houve uma corrida às distribuidoras para estocar botijões de gás de cozinha. De acordo com a companhia, “não há qualquer necessidade de estocar GLP neste momento, pois não haverá falta de produto para abastecer a população”. 

Redução no preço do GLP

A Petrobras vai reduzir a partir de hoje (31) em 10%, o preço dos botijões de 13 quilos  do gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha. A estatal informou que o preço médio nas refinarias será equivalente a R$ 21,85 por botijão de 13 kg. No acumulado do ano, a redução é de cerca de 21%.

A Petrobras diz que conta com as distribuidoras e revendedores para que essas reduções do preço do botijão de gás cheguem ao consumidor final.

A Petrobras já havia informado redução de 12% no preço da gasolina, depois de ter anunciado queda de 9,5% para o combustível. A redução para o preço do diesel foi de  7,5%. Os preços dos combustíveis da Petrobras seguem a política da empresa de repassar para o mercado a paridade com o preço internacional. Nos últimos dias, o petróleo acelerou o processo de perda de valor, agravado pela fala do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de prováveis medidas adicionais para conter o coronavírus,como a proibição de voos vindos do México e Canadá, depois de já ter fechado outros fronteiras.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook