Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

João Bosco em Abricó de Macaco

Ouvir

Por: Sandra Bittencourt

DVD pode ser conferido hoje no Canal Brasil

DVD pode ser conferido hoje no Canal Brasil
15/05/2020
    Compartilhe:

Três anos depois do disco Mano que Zuera , João Bosco nos presenteia com Abricó de Macaco , projeto em CD e DVD, um mosaico de releituras de sua obra, mas sob uma vibe extraordinária de frescor .Das 16 canções do álbum, apenas duas são inéditas: a que dá titulo ao projeto e a outra, Horda, ambas parcerias com o filho Francisco Bosco. João assina também a concepção, a direção musical e os arranjos . E são os arranjos que chamam a atenção de cara. Deslumbrantes, em todos os temas, alguns até com clima de jam session, uma espécie de brasilidade com vibe jazzística. As divisões rítmicas e sequências harmônicas são de tirar o fôlego, sem esquecer os solos primorosos, a começar pela clarinetista e saxofonista israelense radicada nos Estados Unidos, Anat Cohen, protagonista em várias faixas. João ainda se vale de um trio de fiéis escudeiros formado por Ricardo Silveira ( guitarra) , Guto Wirtti (baixo) e Kiko Freitas (bateria) . Na base ainda, Marcello Gonçalves (violão 7 cordas) e Marcelo Caldi (acordeon), músicos também de extremo talento. Tudo isso, claro, sob o comando vocal único de Bosco acompanhado de seu inigualável violão.

Bom lembrar que não é a primeira vez que Bosco reinventa seu repertório. Mas isso só funciona para poucos. No caso de João Bosco, o resultado é perfeito – ele consegue soluções estéticas inovadoras em todos os temas. E assim ouvimos Mano que Zuera (outra parceria com Francisco Bosco), que abre o repertório, um clima meio jazzístico com direito ao diálogo entre a guitarra e baixo .  Há composições com o saudoso Aldir Blanc como Profissionalismo é isso aí. Há também temas que remetem à cultura popular brasileira como Terreiro de Jesus composta com Francisco Bosco e Edil Pacheco. Cordeiro de Nanã, leva participação de Mateus Aleluia,  Senhora do Amazonas, é uma rara parceria com Belchior enquanto Cabeça de Nego soa espetacular. Cereja do bolo neste quesito, Forró em Limoeiro (Edgar Ferreira), imortalizada por Jackson do Pandeiro e interpretada aqui, brilhantemente, por um time admirável da nova geração - Moyses Marques, João Cavalcanti, Alfredo del Penho e Pedro Miranda, o conhecido grupo da segunda Lapa. Outros bons temas são Água de beber, de Jobim e Vinicius , em voz e violão  e My favorite things cantada ao estilo vocalizado bosconiano.

O DVD com o registro das sessões de estúdio que ocorreram em outubro do ano passado, pode ser conferido ainda nesta sexta, às 18h, no programa  Faixa musical, Canal Brasil . O CD e o DVD, em formatos físicos, estão previstos para 22 de maio, com vendas pelo site da gravadora Som Livre. Para conferir o comentário completo acesse OUVIR.

 


 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook