Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

'Noturno' de Maria Bethânia : uma certa melancolia em meio a beleza da vida

Ouvir

Por: Sandra Bittencourt

Produzido por Jorge Helder, 'Noturno' é pleno e cheio de ternura

Produzido por Jorge Helder, 'Noturno' é pleno e cheio de ternura
30/07/2021
    Compartilhe:

Para deleite dos fãs , entra hoje nas plataformas de streaming Noturno, novo álbum de Maria Bethânia , seu primeiro projeto de inéditas desde Meus quintais, de 2014 . Produção de Jorge Helder, também contrabaixista da banda da cantora, e que já há algum tempo trabalha com ela, direção musical e arranjos do maestro Letieres Leite .

Interessante observar aqui que o repertório se distancia das canções moda de viola que dominaram durante algum tempo o reperrio de Maria Bethânia para dar lugar a canções, samba-canções, sambas e boleros com arranjos enxutos típicos dos shows da noite, e talvez mais próximos ao estilo do Recital na boite Barroco, álbum gravado ao vivo por Bethânia em 1968.

Prova disso é o legítimo samba-canção Bar da noite, de Bidu Reis e Haroldo Barbosa, sucesso de Nora Ney, de 1953, a única não é inédita, música cantada por Bethânia em boates da zona sul carioca, no início de sua carreira. O samba-canção, em andamento mais moderado, é levado pelo sempre surpreendente piano do pernambucano Zé Manoel que, aliás, dá show no disco.

Em toda a extensão das 12 faixas, gravadas entre setembro e outubro de 2020 e em maio deste ano, no estúdio da Biscoito Fino, no Rio de Janeiro, o caminho privilegiar o canto singular de Maria Bethânia, em suas interpretações multifacetadas. Isso já era previsto a partir dos singles que antecederam o álbum como A flor encarnada de Calcanhotto, levada a piano e voz e Lapa santa (de Paulo Dafilin e Roque Ferreira) a qual evidencia aspectos relacionados com a gruta existente em Bom Jesus da Lapa, no sertão da Bahia. Arranjo poderoso de Letieres Leite.

Noturno, apesar de um certo tom melancólico, canta a vida em toda sua beleza e explendor. Afinal, isso é Maria Bethânia. Não decepciona em nenhum momento. Um disco pleno e cheio de ternura .

Para conferir o comentário completo acesse OUVIR.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook