Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

Política de Salvaguarda do Patrimônio Imaterial completa 20 anos

Ouvir

Por: Sandra Bittencourt

Ao todo, 48 manifestações culturais estão registradas no Iphan como patrimônio imaterial nacional

Ao todo, 48 manifestações culturais estão registradas no Iphan como patrimônio imaterial nacional
05/08/2020
    Compartilhe:

Toda a diversidade de nossa riqueza cultural, reconhecida mundialmente, ganhou, há 20 anos, um marco importante na sua história. Em 04 de agosto de 2000, o Decreto 3.551 era instituído e reforçava os direitos culturais ao apresentar uma política pública voltada para a identificação, reconhecimento, apoio e fomento ao Patrimônio Cultural Imaterial.

Desde então, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), junto a diversos parceiros da sociedade, tem executado a Política de Salvaguarda do Patrimônio Imaterial que documenta, promove, preserva e valoriza, cada vez mais, as referências culturais dos mais variados grupos formadores da sociedade brasileira por meio do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI ). 

Ao longo de duas décadas de atuação, 48 bens já foram registrados como Patrimônio Cultural do Brasil, seis deles considerados pela Unesco como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Estão na lista as expressões orais e gráficas do povo Wajãpis do Amapá, o samba de roda do recôncavo baiano, o ritual do povo enawenê-nawê, o Círio de Nazaré no Pará, a roda de capoeira e o Bumba Meu Boi do Maranhão e, claro, o frevo de Pernambuco.

Foi o intelectual e poeta paulistano Mário de Andrade quem deu início à reflexão sobre manifestações culturais que, décadas mais tarde, viriam a ser entendidas como 'patrimônio imaterial' . 

Para conferir o comentário completo acesse OUVIR.

 

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook