Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Caso Beatriz: Justiça determina que acusado de matar a menina em Petrolina vai a júri popular

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Réu está preso preventivamente e responde à ação penal de homicídio qualificado

Réu está preso preventivamente e responde à ação penal de homicídio qualificado

Foto: Reprodução / G1

07/12/2023
    Compartilhe:

Marcelo da Silva, acusado de assassinar a menina Beatriz Angélica Mota Ferreira da Silva, vai ser julgado por júri popular. A determinação é da juíza do Tribunal do Júri de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, Elane Brandão Ribeiro. Ainda segundo a ação, o réu deve continuar respondendo à ação penal de homicídio qualificado na condição de preso preventivo.

Beatriz, de 7 anos, foi morta a facadas durante uma festa de formatura no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, em dezembro de 2015. Durante anos, os pais da menina cobraram a solução do caso e chegaram a caminhar por 23 dias, de Petrolina ao Recife, em forma de protesto.

Em janeiro de 2022, Marcelo da Silva foi identificado como o assassino, por meio do cruzamento de DNA, a partir das amostras coletadas na faca usada para matar a menina. Ele confessou o crime à polícia e disse que matou a menina para que ela parasse de gritar. Marcelo informou ainda que havia entrado no colégio para conseguir dinheiro.

Ouça a nota da repórter Taynã Olimpia, com produção da Maria Luna.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook