Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Policial

Homem que matou vigilante em restaurante do Derby já tinha sido preso por homicídio

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

No cumprimento da prisão, a arma roubada do vigilante foi apreendida

No cumprimento da prisão, a arma roubada do vigilante foi apreendida

Foto: PCPE

16/01/2024
    Compartilhe:

A Polícia Civil de Pernambuco afirmou que o homem, identificado como Airan Nascimento, de 25 anos de idade, que matou o vigilante do restaurante Coco Bambu em dezembro do ano passado, já tinha sido preso por homicídio consumado em 2019. O criminoso ficou preso até 2023, mas estava em liberdade quando cometeu o crime contra o vigilante. 

De acordo com a corporação, o vigilante Claudemir Batista arremessou uma lixeira no assaltante e tentou fugir. Ao correr, o criminoso disparou um tiro nas costas da vítima e, em seguida, atirou novamente na testa. Após o assassinato, Airan roubou a arma que estava com o vigilante. 

O acusado foi preso ontem, no bairro de Peixinhos, em Olinda. A Delegada da 9ª Delegacia de Polícia de Homicídio de Olinda, Cecília Delgado, afirmou que o homem resistiu à prisão, tentou correr e ameaçou pegar uma arma de fogo na cintura, o que fez com que fosse efetuado um “disparo técnico” para salvaguardar a integridade dos policiais. O criminoso foi baleado na perna e encaminhado ao Hospital Getúlio Vargas, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. 

No cumprimento da prisão, a arma roubada do vigilante foi apreendida, além de seis munições e uma máscara balaclava. Já a pistola utilizada para matar a vítima não foi encontrada, mas o criminoso afirma que vendeu o equipamento na feira.  

Ouça a matéria da repórter Aline Melo no 'Play' acima. 

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook