Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Economia

Pernambuco teve maior taxa de desocupação do país em 2023

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Apesar disso, o órgão aponta o número como o menor percentual do estado desde 2015

Apesar disso, o órgão aponta o número como o menor percentual do estado desde 2015

Foto: Agência Brasil / EBC

16/02/2024
    Compartilhe:

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou, nesta sexta-feira (16), a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua Trimestral. De acordo com o levantamento, a taxa de desocupação em Pernambuco no ano de 2023 foi de 13,4% das pessoas com idade apta para trabalhar, se destacando como a mais alta do país. Apesar disso, o órgão aponta o número como o menor percentual do estado desde 2015.

A pesquisa também mostra que a taxa de informalidade apresentou número significativo, com 50,1%, mais da metade da população pernambucana. A média nacional foi de 39,1%, como explica Fernanda Estellita, gerente de planejamento e gestão do IBGE em Pernambuco.

O IBGE também divulgou os resultados da PNAD Contínua referente ao quarto trimestre de 2023 em Pernambuco. A taxa de desocupação nesse período foi de 11,9% da população pernambucana de 14 anos ou mais. Pelo menos 505 mil pernambucanos procuraram emprego entre outubro, novembro e dezembro, mas não encontraram. 

Com a Região Metropolitana do Recife se destacando em segundo lugar na escala nacional, com maior percentual de desocupados, chegando a 13,8%, atrás apenas da Grande Salvador. Em relação às capitais, a taxa de desocupação no Recife foi de 11,9%, a terceira mais alta, sendo superada por Salvador e Aracaju.

O levantamento também traz os números de pessoas ocupadas no estado, que teve uma pequena variação de três milhões e 647 mil pessoas no 3º trimestre para três milhões e 726 mil no quatro trimestre do ano passado, com ampliação de 1,2 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior.

Confira as informações com o repórter Guilherme Camilo, clicando no 'play' acima.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook