Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Policial

PF prende dois homens por crimes de abuso sexual infantil

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife

Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife

Foto: PF

07/02/2024
    Compartilhe:

A Polícia Federal prendeu dois homens durante a Operação Matinê, deflagrada em Pernambuco. A ação visa combater o crime de estupro de vulnerável, a prática de armazenamento, divulgação e produção de imagens com cenas de abuso sexual infantil. Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife.

As investigações tiveram início entre os anos de 2022 e 2023, resultando em cinco inquéritos policiais diferentes. Durante as buscas, computadores, notebooks, celulares e mídias com potencial de armazenamento de imagens e vídeos contendo cenas de abuso sexual de menores foram apreendidos. 

A primeira prisão ocorreu no Cabo de Santo Agostinho, contra um homem de 38 anos, suspeito de estuprar uma criança. Ele foi preso temporariamente. Segundo a PF, ele filmou o ato e armazenou as imagens. Os arquivos foram capturados e dependendo do resultado das diligências, o investigado poderá responder por prática dos crimes de produção, divulgação e armazenamento de pornografia infantil, além do estupro de vulnerável. As penas, somadas, variam de 16 a 33 anos de reclusão.

A outra prisão ocorreu na capital pernambucana, contra um homem de 32 anos, preso em flagrante por armazenar e divulgar imagens de abuso sexual infantil. Se confirmado o crime, as penas podem chegar a 10 anos de reclusão.

Todo o material apreendido será submetido a exame pericial, no intuito de encontrar evidências dos crimes relacionados ao abuso sexual infantil por meio da internet.

Confira as informações com o repórter Guilherme Camilo, clicando no 'play' acima.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook