Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Policial

Polícia conclui inquérito que investiga morte do oficial de Justiça em Casa Amarela


Por: REDAÇÃO Portal

Quatro pessoas foram indiciadas pelo assassinato do oficial de justiça, sendo uma delas a ex-companheira da vítima

Quatro pessoas foram indiciadas pelo assassinato do oficial de justiça, sendo uma delas a ex-companheira da vítima

Foto: Reprodução

24/11/2022
    Compartilhe:

Quatro pessoas foram indiciadas pelo assassinato do oficial de justiça Jorge Eduardo Lopes Borges, morto em setembro deste ano, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. Os detalhes da investigação foram divulgados nesta quinta-feira (24), onde confirmaram o envolvimento da ex-companheira da vítima, a médica Silvia Helena de Melo Souza Alencar e mais três homens. 

De acordo com a Polícia Civil, o motivo do crime teria sido a disputa pela guarda da filha deles, de 7 anos. Um dos homens envolvidos foi apontado como atirador, e os outros dois intermediários do contrato para cometer o assassinato, sendo um deles paciente da médica. Os quatro foram indiciados por homicídio duplamente qualificado, pelo crime ter tido motivo torpe e pela incapacidade de defesa da vítima. Se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão.

Ouça a nota da repórter Lara Sá clicando no play acima.


 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook