Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Candidíase de repetição: Saiba como evitar o problema no verão

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

A candidíase vulvovaginal recorrente afeta, principalmente, mulheres entre 25 e 34 anos

A candidíase vulvovaginal recorrente afeta, principalmente, mulheres entre 25 e 34 anos

Foto: Reprodução / thinkstock

07/12/2023
    Compartilhe:

Coceira, dor e vermelhidão na área íntima, ardência ao urinar, desconforto durante a relação sexual e presença de corrimento são sintomas frequentes associados à candidíase. Essa condição torna-se mais recorrente no verão devido ao calor e ao uso prolongado de biquínis e maiôs em ambientes úmidos, propícios ao desenvolvimento da candidíase. 

De acordo com uma pesquisa do Núcleo de Telessaúde Santa Catarina, a candidíase vulvovaginal recorrente afeta aproximadamente 138 milhões de mulheres anualmente em todo o mundo, sendo mais comum entre mulheres de 25 a 34 anos.

A médica ginecologista, Israelina Tavares, especialista em ginecologia regenerativa e estética íntima explica as causas do surgimento e repetição dessa infecção.

O diagnóstico da candidíase é realizado por meio de exames laboratoriais e avaliação clínica conduzida por um ginecologista. Durante episódios agudos, o tratamento envolve o uso de antifúngicos por via oral ou creme, sendo também uma opção o tratamento com laser CO2.

A ginecologista finaliza enfatizando que é possível prevenir a candidíase através de hábitos de vida saudáveis.

Ouça a nota da repórter Clara dos Anjos clicando no play acima.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook