Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Caso de malária é confirmado em Garanhuns; paciente passa bem


Por: REDAÇÃO Portal

Homem de 39 anos realiza tratamento em casa, sem necessidade de internação clínica

Homem de 39 anos realiza tratamento em casa, sem necessidade de internação clínica

Foto: Joab Alves/Divulgação

13/02/2024
    Compartilhe:


O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco (CIEVS-PE) recebeu a notificação de um caso suspeito para malária. Trata-se de homem de 49 anos, atendido no Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, que relatou histórico de viagem à Região Amazônica, importante área endêmica do país, onde desenvolvia sua atividade laboral. 

O paciente buscou a unidade de saúde após apresentar quadro de febre, onde recebeu os cuidados da equipe de plantão. Após o atendimento na unidade de saúde, foi realizado o diagnóstico laboratorial através do teste rápido e gota espessa, ambos realizados pelo Laboratório Regional da V Gerência Regional de Saúde (V Geres-Garanhuns), com resultado positivo para malária. 

Simultaneamente à suspeita, o nível central da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) encaminhou o medicamento especializado para o início do tratamento do paciente.  Ele realiza tratamento em casa, sem necessidade de internação clínica. 

A malária é uma doença provocada pelo protozoário de gênero Plasmodium e transmitido pela picada da fêmea do Anopheles, gênero de mosquito conhecido na Região Norte como mosquito-prego ou carapanã. No Nordeste, é conhecido como muriçoca. É importante frisar que a doença não é endêmica em Pernambuco e que sua transmissão não se dá diretamente de uma pessoa a outra. Seus sintomas mais conhecidos envolvem febre alta, calafrio e sudorese e, caso a pessoa não receba tratamento em tempo oportuno, a doença pode evoluir rapidamente para sintomatologia mais grave e posterior óbito.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook