Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Esporte

Com dívidas, Náutico e Sport estão proibidos de inscrever jogadores no BID


Por: REDAÇÃO Portal

Time alvirrubro deve ao ex-técnico Milton Cruz, enquanto o rubro-negro tem dívida com chileno, Mark González

Time alvirrubro deve ao ex-técnico Milton Cruz, enquanto o rubro-negro tem dívida com chileno, Mark González

Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

18/12/2019
    Compartilhe:

O momento financeiro vivido pelos clubes pernambucanos não é dos mais fáceis. Os rivais Náutico e Sport estão em uma situação parecida em relação a dívidas, e isso pode refletir no início da próxima temporada. Ambas equipes estão punidas pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF (CNRD), e não podem registrar novos atletas no BID.

Começando pelo alvirrubro, o time deve cerca de aproximadamente 450 a 500 mil para o treinador Milton Cruz e o assistente Ivan Izzo, que tiveram passagem pelos Aflitos em 2017. Tentando um acerto há 3 meses, Náutico e Milton não chegaram a um acordo até esta quarta-feira (18). O problema é que a CNRD entra em recesso nesta quarta e só voltará no dia 19 de janeiro, data na qual o Timbu estreia oficialmente no ano, contra o Sport, pelo Campeonato Pernambucano. Com isso, sem poder registrar os recém-chegados e os atletas que renovaram contrato, o Náutico tem apenas 14 jogadores aptos para o início do ano.

A mesma situação foi notificada na Ilha do Retiro, nesta terça-feira (17). O chileno Mark González cobra 650 mil do clube rubro-negro, que deveriam ter sido pagos no ano de 2016. O Sport também vive um momento de não poder registrar novos jogadores nas competições de 2020.

O Náutico já informou por meio do seu vice-presidente jurídico, Bruno Becker, que mesmo com a Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF de férias, o caso pode ser analisado em caráter de urgência. O mesmo deve acontecer com o Sport, para que ambos possam estrear normalmente com todos seus jogadores disponíveis no dia 19 de janeiro.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook