Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cidade

Outro recém-nascido morre à espera de transferência para leito de UTI. Já são 30 mortes registradas


Por: REDAÇÃO Portal

Solicitações por vagas de terapia intensiva seguem aumentando

Solicitações por vagas de terapia intensiva seguem aumentando

Foto: Flavia Lima/g1

25/05/2022
    Compartilhe:

Diante do cenário de avanço dos vírus respiratórios entre recém-nascidos e crianças, várias vidas perdidas à espera de um atendimento digno em leito de terapia intensiva (UTI). A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) confirmou, nesta terça-feira (24), a notificação de pelo menos 29 mortes de bebês e crianças de até 5 anos, em decorrência de complicações da síndrome respiratória grave (srag) não causada por covid-19.  Há algumas semanas vivemos essa triste realidade, da explosão de infecções respiratórias na infância. 

Dificuldade no atendimento desses pacientes nos hospitais, falta pediatras intensivistas e  cirurgiões pediátricos. Reconhecido pelo secretário Estadual de Saúde (André Longo) como o pior momento na pediatria. São muitos os relatos de famílias sobre crianças em emergências que não conseguem ser atendidos. As solicitações por vagas de terapia intensiva seguem aumentando ,foram 228 chamados por esse tipo de vaga para crianças e bebês. A maioria, lamentavelmente, não tem a chance de ser transferida e permanece na fila de espera em emergências ou unidades de pronto atendimento.

O governo do Estado, através da SES, garante que "todos os serviços de emergência pediátrica da rede estadual estão preparados para o atendimento aos pacientes em estado crítico e contam com equipes multiprofissionais 24h". A pasta ainda acrescenta que as unidades são referência no atendimento de alto e médio risco, e as salas são equipadas com ventiladores pulmonares para os momentos em que há necessidade de intubação e respiração artificial. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook