Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Partido Novo não fará alianças para disputar à PCR


Por: REDAÇÃO Portal

Partido descartou a possibilidade de apoiar Daniel Coelho (Cidadania), Mendonça Filho (DEM) ou a delegada Patrícia Domingos (Podemos) nas eleições 2020

Partido descartou a possibilidade de apoiar Daniel Coelho (Cidadania), Mendonça Filho (DEM) ou a delegada Patrícia Domingos (Podemos) nas eleições 2020
15/02/2020
    Compartilhe:

O procurador Charbel, pré-candidato a prefeito do Recife pelo NOVO, afirmou na tarde desta sexta-feira (14), que o partido NOVO não vai participar de aliança da oposição no Recife e, descartou a possibilidade de apoiar Daniel Coelho (Cidadania), Mendonça Filho (DEM) ou a delegada Patrícia Domingos (Podemos), por conta do uso do fundo partidário, utilizado por estes partidos: "só coligaríamos com algum partido se essa legenda não usasse fundo partidário, se abrisse mão de usar o fundo eleitoral para bancar suas campanhas" acentuou Charbel. E, num eventual segundo turno no Recife, o NOVO faria coligação apenas com partidos de direita.

Questionado sobre as propostas do partido NOVO para o Recife, o procurador Charbel destacou duas, das principais propostas: A primeira, é o debate sobre a mobilidade urbana e o transporte público de passageiros da capital pernambucana: "queremos enfrentar o cartel que é o Consórcio Grande Recife", enfatizou Charbel. Para o pré-candidato, o Grande Recife Consórcio de Transporte tem atrapalhado a cidade e tem sido loteado para poucas empresas com baixa concorrência e pouca qualidade.

A segunda proposta, destacada pelo pré-candidato do NOVO a prefeito do Recife, é na pasta da Habitação, com foco na revitalização do centro do Recife, proporcionar mais espaço para moradia: "vamos tirar todas as normas de regulações que estejam impedido que novos habitacionais sejam reformados e construídos" enfatizou o procurador Charbel.

Charbel é o pré-candidato à prefeitura do Recife pelo partido NOVO, servidor público municipal, atua como procurador do Recife há 11 anos. Formado em direito pela PUC-MG (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais), e também, pós-graduado em direito público e tributário, é um dos fundadores do partido NOVO no estado de Pernambuco.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook