Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Economia

Pesquisa aponta que 423 mil pernambucanos ficaram endividados e 164 mil inadimplentes em 2023

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

O número médio de inadimplentes cresceu 8,5%, totalizando 169 mil em Pernambuco no ano passado

O número médio de inadimplentes cresceu 8,5%, totalizando 169 mil em Pernambuco no ano passado

Foto: Reprodução/G1

24/01/2024
    Compartilhe:

Aproximadamente 423 mil residentes em Pernambuco estavam endividados e 164 mil enfrentando inadimplência em 2023, segundo um recorte especial da Fecomércio-PE sobre a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em dezembro do ano passado. As dívidas mais comuns são provenientes de cartões de crédito, financiamentos, carnês, créditos pessoais, entre outros.

Ao longo de 2023, a média de pessoas endividadas foi de 430 mil, representando um aumento de 2,2% em relação a 2022. O número médio de inadimplentes cresceu 8,5%, totalizando 169 mil em Pernambuco no ano passado. 

Ainda segundo o estudo, para famílias com renda superior, o cartão de crédito lidera com 97,3%, seguido por financiamento de automóveis (22%), carnês (21,4%) e financiamento imobiliário (11%). O tempo médio de comprometimento do orçamento familiar com dívidas é de 8 meses em Pernambuco, enquanto o tempo médio de contas em atraso é de 60 dias, comparado aos 64 dias em todo o Brasil. 

O economista, Sandro Prado, explica os meios para sair da inadimplência.

Ouça a matéria da repórter Clara dos Anjos clicando no play acima.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook