Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Acontece

Recife encerra 2023 com aumento de 40% de empregos formais, segundo Caged

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Confira o saldo de empregos criados nas capitais do Nordeste em 2023

Confira o saldo de empregos criados nas capitais do Nordeste em 2023

Foto: Agência Brasil

31/01/2024
    Compartilhe:

Recife encerrou 2023 sendo a segunda capital do Nordeste que mais gerou empregos formais, atrás apenas de Fortaleza (CE). Ao todo, houveram 210.127 contratações e 189.003 demissões durante o ano. No fim de 2023, a capital pernambucana registrou 21.124 carteiras assinadas, o que representa um aumento de 40% em relação ao início do ano. Os dados, que foram divulgados pelo Ministério do Trabalho, são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

O economista Sandro Prado chama atenção para o fato de que o aumento na geração de empregos não está acontecendo nos diversos municípios de Pernambuco, ou seja, há uma concentração na capital Recife. O especialista afirma que ainda há um número relevante de desempregados e muitas pessoas migram para a capital em busca de oportunidades, embora Recife seja um município que já tenha uma grande densidade ocupacional. 

Entre as áreas de trabalho que mais geraram oportunidades, está o setor de serviço, que foi responsável por quase 80% dos empregos criados no Recife, sendo 16.784 carteiras assinadas. Em seguida, está o setor de Comércio, com 13,18%, que apresentou 2.784 empregos formais. A Agropecuária foi o único setor que finalizou 2023 com mais demissões do que contratações, marcando -74 postos de trabalho,  resultado de 1.718 admissões e 1.792 desligamentos.

Saldo de empregos criados nas capitais do Nordeste em 2023:

1º - Fortaleza 28.221

2º - Recife 21.124

3º - Salvador 18.098

4º - Maceió 13.561

5º - João Pessoa 10.447

6º - Teresina 10.145

7º - São Luiz 8.578

8º - Aracaju 6.388

9º - Natal 5.241 

Ouça a matéria da repórter Aline Melo no 'Play' acima. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook