Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Policial

PMs filmados agredindo mulher no meio da rua em Primavera ficarão presos no batalhão por 30 dias

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Após julgamento dos oficiais, o afastamento preventivo das funções do 3º Sargento Ademir Sena da Silva e para o Cabo Elias dos Santos Rafael será revogado

Após julgamento dos oficiais, o afastamento preventivo das funções do 3º Sargento Ademir Sena da Silva e para o Cabo Elias dos Santos Rafael será revogado

Foto: Divulgação/ Via G1

01/02/2024
    Compartilhe:

O sargento e os dois cabos da Polícia Militar de Pernambuco que foram filmados agredindo uma mulher no meio da rua, no município de Primavera, na Zona da Mata Sul do Estado, tiveram a prisão administrativa decretada por 30 dias. A determinação foi publicada no Boletim-Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS), na quinta-feira (1º).

O documento assinado pelo secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho recomenda que "em face do cometimento das infrações”, obrigue a advertência disciplinar de 30 dias de prisão para os três acusados da agressão. 

No entanto, após julgamento dos oficiais, o afastamento preventivo das funções do 3º Sargento Ademir Sena da Silva e para o Cabo Elias dos Santos Rafael será revogado. Os três devem cumprir a prisão no batalhão onde trabalham.

O caso ocorreu por volta das 2h do dia 16 de abril de 2023. Os policiais abordaram a vítima, identificada como Nadiane Kênia Ramos, de 25 anos. Após ingerir bebida alcoólica em um clube da cidade, ela achou que estava sendo perseguida e decidiu pedir ajuda ao efetivo.

Ao falar com os policiais dentro da viatura, Nadiane se apresentou como ex-mulher do sargento reformado da PM, João José Soares, conhecido como João da Kombi, que foi assassinado a tiros na cidade, em 2022. Foi aí que um PM xingou, desceu do veículo e começou a dar socos nela.

Ela tenta se proteger em diversos momentos, mas nas imagens da agressão é possível ver um dos agentes dando socos e tapas na cabeça da vítima. Nadiane é empurrada na direção de outro policial, que dá um tapa no rosto dela. Nadiane ainda afirmou que após as agressões, um dos agentes lançou spray de pimenta nos olhos dela. 

Confira as informações com o repórter Guilherme Camilo, clicando no 'play' acima.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook