Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Ex-esposa denuncia deputado Coronel Feitosa por violência patrimonial e violência doméstica


Por: REDAÇÃO Portal

O juiz da 3ª Vara de Família determinou que o deputado desocupe a residência no prazo de 24 horas

O juiz da 3ª Vara de Família determinou que o deputado desocupe a residência no prazo de 24 horas

Foto: Alepe/Divulgação

15/12/2023
    Compartilhe:

A ex-esposa do deputado estadual Coronel Alberto Feitosa (PL), Adriana Bacelar, denunciou o parlamentar por violência patrimonial, solicitando também uma medida protetiva com base na Lei Maria da Penha. Em entrevista à TV Globo, Adriana disse que o ex-marido invadiu uma casa da qual ela tem posse na praia de Muro Alto, em Ipojuca, no Grande Recife, para tentar confiscar o imóvel dela.

O juiz da 3ª Vara de Família determinou que o deputado desocupe a residência no prazo de 24 horas. Segundo Adriana, a residência foi invadida no dia 22 de novembro, enquanto ela acompanhava o pai, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Brasília. De acordo com a dona de casa, o deputado continua ocupando o imóvel até hoje.

A Polícia Civil solicitou à Justiça, que já acatou o pedido de medida protetiva e determinou que o deputado estadual Coronel Feitosa fique a uma distância mínima de 300 metros da ex-mulher, além de não ser autorizado a se comunicar com ela. Como o parlamentar tem porte de arma, a juíza da Vara da Família também ordenou que o deputado apontasse uma lista com todas as armas que ele tem registro

A dona de casa disse ainda que vendeu o apartamento, localizado no bairro da Jaqueira, na Zona Norte do Recife, depois que a empresa que ela administrava, fechou. Na decisão judicial que determinou a desocupação da casa de veraneio, o juiz também ordenou que os extratos bancários de Adriana fossem consultados, para saber o valor exato do apartamento do bairro da Jaqueira. Também intimou a dona de casa a depositar 50% do montante obtido com a venda do imóvel

O deputado Coronel Alberto Feitosa também em entrevista à TV Globo. Questionado sobre o motivo de ter ocupado a casa de praia sem autorização, ele disse que o imóvel é propriedade compartilhada pelos dois "e ninguém pode ser acusado de invadir o que é seu". O parlamentar declarou ainda que é a vítima de violência patrimonial por parte da ex-mulher. Que vendeu o apartamento da Jaqueira sem autorização da justiça e não partilhou o dinheiro da venda do imóvel e também depositou a porcentagem na justiça.

Informações com a repórter Ana Júlia Duarte 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook